perolas-cultivadas-artstones

Não é de hoje que as pérolas cultivadas encantam mulheres do mundo todo. Essas belezinhas de cor e brilho incomparável adornam e enriquecem o figurino, pois são naturalmente dotadas de elegância e charme natural.

Mas o que poucos sabem, é que para essa riqueza natural chegar até você, ela passa por um processo lento, manual e delicado, podendo demorar até 4 anos para que esteja completamente formada.

Na natureza, uma pérola se forma quando um corpo estranho invade uma ostra (até mesmo um grão de areia), que inicia um combate contra esse invasor, desenvolvendo uma substancia chamada Nácar, ou madrepérola, que será a base da pérola.

Já o cultivo de pérolas nasceu no Japão, no fim do século 19, quando Kokichi Mikimoto passou anos fazendo experimentos para encontrar o melhor local e material para produção natural de pérolas cultivadas pelo homem.

Embora não tenha sido o pioneiro na produção de pérolas de qualidade, foi a partir das pesquisas de Kokichi que se deu início à produção e cultivo dessas pequenas maravilhas, que no século seguinte, invadiriam o mercado do mundo todo.

Mas foi na china, mais precisamente na Província de Zhejiang que as pérolas cultivadas tiveram seu cultivo aprimorado e exportado ao mundo todo.

O maior produtor de pérolas cultivadas do mundo é Zhan Weijian, um chinês de apenas 40 anos, que enriqueceu com a criação de pérolas baratas, que imitam as brilhantes e valiosas pérolas provenientes do Taiti e estão conquistando cada vez mais consumidores do mundo todo.

Pérolas Cultivadas – Como ocorre o cultivo!

perolas-cultivo

Armazenadas em grandes cestos e mergulhados no rio,  os mexilhões permanecem embaixo d´água de 02 a 04 anos, dependendo da qualidade de pérola que se deseja cultivar. Garrafas plásticas distribuídas e enfileiradas pelo lago trazem em seu interior não só a demarcação de que ali existe uma cesta de conchas, como a data em que foram depositadas no rio.

As pérolas cultivadas em água doce provêm quase todas do mexilhão da espécie Hyriopsis schlegeli, que com 15 anos pode atingir os 30 cm de comprimento e os 20 cm de largura. Na China a taxa de crescimento destes mexilhões é muito rápida; em 5 ou 6 meses atingem os 7 a 9 cm e estão prontos a serem “cultivados”.

O processo de cultura, embora semelhante ao de água salgada, é feito geralmente sem a introdução de um núcleo rijo; 95 a 98% das pérolas de água doce não são nucleadas. Dependendo do tamanho do mexilhão podem ser inseridos 20 a 60 pedaços de tecido (de outros moluscos), em cada um. Posteriormente, e tal como acontece com as ostras, são introduzidos na água, no seu meio ambiente natural e é só esperar. Ao fim de três anos cerca de 30% das pérolas atingiram os 7mm e ao fim de quatro anos perto de 80% das pérolas têm 7mm ou mais.

Tal como com as pérolas dos mares do Sul, também os mexilhões podem voltar a ser “cultivados” até um máximo de três vezes. Estas pérolas são muito variadas na forma, na cor e no tamanho que apresentam; são raras as formas perfeitamente redondas e o tamanho médio ronda os 4 a 5 mm.

perola-na-ostra

perolas-do-mar

O trabalho de cultivo e retirada das pérolas ainda é manual e rudimentar.  Após o período de formação das pérolas, trabalhadores chineses promovem a retirada manual das pérolas, separam por tipo, cor e modelo, para só então, passar pelo processo de limpeza, polimento e furação.

Por isso, antes de chegar até você, essas pequenas preciosidades passam por um processo lento e meticuloso, mas tem sua qualidade aprimorada à cada ano, algumas, aproximando-se muito da qualidade das pérolas de água salgada.

Para mostrar visualmente cada processo de criação das pérolas, anexamos abaixo um vídeo que mostra desde o cultivo até o momento final em que a pérola está pronta para ser utilizada.

Embora em inglês, o vídeo tem imagens claras e demonstra todo o processo manual e trabalhoso que faz com que essas pequenas preciosidades agradem os olhos e o coração de seus possuidores.

Para colocar legendas em Português, clique no play, logo depois, clique no botão LEGENDA do lado inferior direito do vídeo para ativar a legenda em Inglês. Na sequência, clique em Detalhes e na janela que vai abrir clique em traduzir automaticamente. A tela vai recarregar e abrir uma janela com a escolha a língua desejada. Não é uma tradução 5 estrelas, mas ajuda  a entender o áudio do vídeo :).

videos-youtube

Agora que você conhece todo o processo, segue algumas dicas de como manter suas pérolas sempre lindas e vivas

  • Primeiro, ao confeccionar um colar de pérolas, certifique-se de conter nózinhos entre as pérolas, pois eles evitam o atrito, além de proporcionar maleabilidade e dar um ar de joia fina em sua peça;
  • Nunca utilize perfume, creme, sabão ou qualquer produto em cima das pérolas, pois elas podem amarelar e descascar, ou seja, as pérolas morrem se não receberem os cuidados necessários.
  • nunca misture suas pérolas com metais nocivos que possam escurecer ou soltar qualquer tipo de resíduo;
  • certifique-se de guardá-las em embalagem individual e de preferência no escuro, assim as manterá vivas e brilhantes por muitos e muitos anos.

E agora que você já sabe tudo sobre pérolas, utilize esse conhecimento para apresentá-las em seus produtos às suas clientes.

Em nossa loja virtual você encontra pérolas cultivadas das mais variadas cores e tamanhos. Assim como, todo material necessários, para começar a produzir e revender semijoias finas, de alta qualidade e extrema elegância.

Pérolas de Agua doce ArtStones

  Clique Aqui e escolha o fio preferido para montar peças exclusivas e arrasar!

Fontes e Bibliografia:

Muller, A. (1997). Cultered Pearls – The first hundred years. Golay Buchel Holding S.A., Lausanne.

Gemmological Association and Gem Testing Laboratory of Great Britain (GAGTL), (1991). Gem Testing Course notes, London.

Video: The Pearl Girl – USA

Autora do Post – Suzana Perez/ArtStones

www.artstones.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.