Pedra Berilo

O mineral Berilo é um ciclossilicato de berílio e alumínio. Os cristais hexagonais do berilo podem ser de tamanho muito pequeno ou atingir dimensões de alguns metros.

Os cristais terminados são relativamente raros. Exibe fratura concoidal, tem uma dureza de 7,5-8, um peso específico de 2,63-2,80. Possui brilho vítreo e pode ser transparente ou translúcido. Clivagem basal fraca, com hábito bipiramidal dihexagonal.

O berilo puro é incolor, mas é matizado frequentemente por impurezas; as cores possíveis são verde, azul, amarelo, vermelho, e branco. O seu nome tem origem no grego beryllos (bela cor azul-esverdeada da água do mar).

Algumas variedades de berilo são consideradas pedras preciosas ou semi-preciosas desde épocas pré-históricas. O berilo verde (presença de Ferro2) é chamado esmeralda, o raro berilo vermelho é chamado esmeralda vermelha, esmeralda escarlate ou bixbite. O berilo azul (devido ao crómio e vanádio) é chamado de água-marinha,o berilo rosa (devido a manganês e Ferro) é a morganita, um berilo amarelo brilhante e límpido é chamado berilo dourado, um berilo incolor é chamado gochenita e o amarelo-esverdeado (devido a manganês, ferro e titânio), heliodoro.

O elemento químico berílio, um metal alcalino terroso, é obtido do minério de berilo. Uma das formas mais comuns na natureza é a Esmeralda, um pedra preciosa de cor característica verde. Os druidas utilizavam o berilo como cristal divinatório e os antigos escoceses chamavam-lhe “pedra do poder”. As primeiras bolas de cristal eram feitas de berilo, mais tarde substituído por cristal de rocha.

Para o corpo os efeitos curativos desse mineral são conhecidos há muito tempo e ele atua em casos de perturbação do estômago e do intestino.

Dizem que a água tratada com Berilo acalma os nervos e o coração. Para utiliza-la é preciso ter muito cuidado, pois necessário que se tenha certeza de se tratar do mineral legítimo, de sua procedência e forma de extração.

O Berilo é conhecido como uma pedra suave que penetra o fundo da alma, fortalece a aura e o poder de nossas irradiações.

Dizem os místicos que essa pedra traz charme, atração sexual e sensação de alegria ao seu portador. Na meditação, ela realça as oscilações dos impulsos eróticos e deve ser utilizado em sua forma bruta.

Existem muitas formas de utilizar a pedra Berilo, dentre elas, as mais comuns são em peças de adorno como brincos, pulseiras, pingentes e colares, ou como talismã e artigos de decoração.

Como decoração, aconselhamos colocar as pedras em uma taça e deixá-la ao lado da cama, sala ou no local onde deseja absorver a energia dessa pedra. Lembrando, que toda semana você deve limpar e energizar a pedra para ativar sua energia. Se quer saber como, CLIQUE AQUI!

Como peça de adorno, aconselhamos utilizar peças que permitam o contato da pedra com o corpo, pois assim o portador terá contato direto com a energia da pedra.

A Brasilianita é uma gema muito interessante do ponto de vista científico e para os colecionadores. Devido a sua fragilidade não é muito usada em joalheria, mas pode ser lapidada de várias formas e estas peças são muito cobiçadas pelos colecionadores e pelos museus de gemas. Há dois bonitos exemplares no Museu de História Natural de Nova Yorque e uma gema de 24 quilates na Universidade De Rio de Janeiro.

Fontes:

Livro Pedras Preciosas – Cally Hall

Livro Gemas do Mundo – Walter Schumman

Livro Prevenções e Cura com Pedras – Karl Stark e Werner E. Meier.

Respeite os direitos autorais  Lei 9610/98 – qualquer reproduções do conteúdo sem autorização do autor do blog sem as devidas menções/créditos e links serão equiparados ao crime de plágio.

Autor do Post: Suzana Perez / ArtStones

5 thoughts on “Pedra Berilo

  1. Pingback: lightroom presets

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.